Cristina Gonçalves

Recorda quem És! Vive a tua Verdade! Sê tu mesmo!

bookmark bookmark
crisgoncalves On 13 Fevereiro 2014

3 FORMAS DE ENFRENTAR DIFICULDADES.

 

Todos os dias aprendo um pouco mais sobre o Ego, e vou aplicando técnicas que me ajudam a domar este cavalo selvagem que vive dentro de cada um de nósflores coração.

Hoje, quero partilhar com vocês a síntese de técnicas que fui aplicando com sucesso ao longo do meu caminho rumo à evolução pessoal.

É muito fácil ler um livro, ouvir um conselho ou assistir a uma palestra, e pensar em aplicar alguma técnica que aprendemos enquanto estamos a atravessar um momento tranquilo ou bom. Tudo nos parece óbvio e simples e prometemos a nós mesmos que quando surgir uma dificuldade nos lembraremos daquele ensinamento.

O certo é que quando surge a dificuldade, ela vem sempre acompanhada de uma carga emocional, mais leve ou mais pesada conforme o caso, e é precisamente quando estamos mergulhados na emoção negativa que deveremos lembrar-nos e aplicar a técnica para sair de lá o mais rápido possível.

Em resumo, existem 3 formas de enfrentar dificuldades. O objetivo é ir treinando e persistindo por forma a sairmos do nível 1, evoluindo através do nível 2 até chegar definitivamente ao nível 3.

Estes 3 níveis são os seguintes:

  1. Reação/Sofrimento: isto acontece quando surgem grandes problemas na tua vida e te submetes a longo período de angústia. Sucumbes à emoção que te assola no momento seja raiva, tristeza, desespero, ansiedade, preocupação, etc, agrides alguém, não consegues dormir ou isolas-te deprimido. Entras num estado de vitimização acreditando que todo o mundo e Deus conspiram contra ti. Mais tarde, quando os ânimos acalmam e o momento passou, é que te tornas consciente do que aconteceu. Mas agora de nada serve, pois o que foi feito não pode ser modificado. Neste ponto, quando olhas para trás, percebes que afinal o problema não era assim tão grande, nem o conflito tão perturbador que exige-se uma reação tão exagerada. Nesta altura, tomas consciência do que precisava ser feito no momento da emoção, e sonhas que da próxima sejas capaz de pensar antes de agir.
  2. Consciente no momento presente: esta atitude é mais elevada que a anterior, e é o passo seguinte para quem começa a praticar a não reação no momento da crise ou dificuldade. Quando surge o problema deverás perguntar a ti mesmo – “O que posso aprender com esta experiência neste momento? Sei que esta desgraça traz uma aprendizagem oculta e devo esforçar-me em descobri-la”. Isto significa ficares consciente no momento em que ages, não permitindo que as emoções te comandem.
  3.   Antecipar as dificuldades: este passo é ainda mais difícil que o anterior e consegue-se com pratica e persistência. Consiste em lembrar-se de ficar consciente antes de agir, quando o ato ainda não aconteceu, quando é apenas um pensamento na mente. Deves aperceber-te do pensamento logo que ele desperta em ti. Implica atuar antes que as dificuldades se apresentem. O que é que isto significa? Com sentido de previsão, podes imaginar uma possível dificuldade no âmbito da saúde, relacionamentos, situações, projetos, etc e poderás refletir sobre ela sob todos os seus prismas. Quando a energia negativa tente fluir através de ti, poderás neutraliza-la porque já a conhecias de antemão. E desta forma respondes comportando-te de maneira diferente do que fazias antes, que era o que produzia o problema ou sofrimento.

Desejo que estas técnicas te possam ajudar tanto quanto me têm ajudado a mim.

RECORDA QUEM ÉS! VIVE A TUA VERDADE! SÊ TU MESMO!

Cristina Gonçalves

Artigos relacionados:

Categories: ARTIGOS, Dicas, Transformação

Comente o artigo