Cristina Gonçalves

Recorda quem És! Vive a tua Verdade! Sê tu mesmo!

bookmark bookmark
crisgoncalves On 6 Abril 2017

abadeA ALMA QUE NÃO ESTAVA CONTENTE!

“O abade Pastor estava, certa tarde, no mosteiro Sceta quando recebeu a visita de um eremita.

- O meu orientador espiritual não sabe como me dirigir – disse o recém-chegado. – Devo deixa-lo?

O abade Pastor nada disse e o eremita voltou para o deserto. Um a semana depois foi novamente visitar o abade Pastor.

- O meu orientador espiritual não sabe como me dirigir – disse. Resolvi deixa-lo.

- Estas são palavras sábias – respondeu o abade Pastor. – Quando um homem percebe que a sua alma não está contente, não pede conselhos; toma as decisões necessárias para preservar a sua caminhada nesta vida.”

Retirado de Maktub – Paulo Coelho.

Assim teremos que fazer uma e outra vez ao longo da nossa vida. Muitas das pessoas que são os “nossos mestres” aparecem na nossa vida, durante um período de tempo servem para o propósito da nossa alma. Quando a alma já aprendeu o que tinha de aprender, em certos casos, esse “mestre” já não saberá como nos dirigir, pois já não terá a sabedoria que precisamos. Nesse momento, deveremos ser sábios. Não pedir conselhos, pois quem dá o conselho não está a sentir o descontentamento da nossa própria alma, e seguir o caminho que acharmos mais correto. Poderá ser deixar um relacionamento, deixar um emprego, deixar uma terapia, deixar uma religião, deixar uma ideia, deixar qualquer outra coisa que não sirva mais para a nossa alma, sempre em gratidão pelo tempo que serviu e nos fez crescer.

Cristina Gonçalves

Coach, Terapeuta e Formadora

Artigos relacionados:

Uma Resposta

  1. Vanja carla diz:

    Esta serviu diretamente para mim! Obrigada por partilhar!
    Beijos!

Comente o artigo