“Não posso começar a percorrer o caminho da felicidade enquanto não forem os meus pés a desenhar as minhas pegadas, o meu coração a decidir o rumo, enquanto não for eu a correr os riscos das minhas decisões, até que saiba quem sou e quem não sou”

Jorge Bucay