Cristina Gonçalves

COACH | TERAPEUTA | AUTORA | PNL TRAINER

bookmark bookmark
crisgoncalves On 12 Agosto 2019

O QUE TEM DE SER TEM MUITA FORÇA.

Ontem, na minha caminhada matinal reparei em algo fora do comum logo à saída de casa.

Um pequeno tomateiro bem viçoso, num terreno público cheio de ervas daninhas secas e com caixotes de lixo como paisagem de fundo. Era de facto um cenário fora do comum. Parei, observei e fotografei. E depois continuei a minha caminhada a reflectir sobre este inesperado acontecimento.

A primeira coisa que me passou pela cabeça foi uma frase que costumo utilizar e, que um dia surgiu-me como reforço dos episódios da vida que não conseguia controlar. “O que tem de ser, tem muita força”.

Realmente, o nascimento desse tomateiro que não deve ter sido plantado por ninguém, numa terra que não pertence a ninguém, tinha que ter muita força.

 Um relacionamento que fazemos tudo para dar certo, mas acaba na mesma. O esforço constante para evitar que aconteça algo, que acaba por acontecer de qualquer maneira. O evitar constante de uma pessoa ou situação, que inevitavelmente farão parte da nossa vida…

Enfim, um sem fim de exemplos sobre o poder do “destino” se assim lhe quisermos chamar.

Esse destino responde à intenção que colocamos conscientemente, ou a intenção que a nossa alma coloca por nós e, que sabe ser fundamental para o nosso crescimento, bem-estar e evolução.

Depois o universo, a vida ou Deus como preferirmos chamar responde como um pai ou mãe responde a uma criança que não quer fazer algo importante para ela: “Tem que ser, é para o teu bem” e, vamos sendo guiados de experiência em experiência porque tem de ser, e o que tem de ser tem muita força.

Senti a força dessa semente de tomate que já deveria estar pronta crescer e passar a outro patamar evolutivo: de semente a planta. Mesmo sem as condições ideais, sem a companhia ideal, sem o local ideal, e sem os cuidados ideais vingou. Cresceu e deu o seu fruto. Não se importou por parecer estar fora de contexto, por não ter mais nenhum da espécie dele por perto, nem ligou aos comentários de quem poderia passar como eu e dizer: O que faz um tomateiro aqui???

Simplesmente aconteceu. E com toda a força de quem tem uma missão para cumprir, simplesmente deve ter dito para si mesmo. “Tem de ser, e o que tem de ser tem muita força”.

Cristina Gonçalves – Life Coach, Autora, Terapeuta e Facilitadora

Comente o artigo